Roteiro da celebração do casamento católico

Esse post foi feito, pois alguns colegas e esposas estavam procurando um roteiro resumido da celebração do casamento católico e, como profissional que trabalha há anos com eventos e que nasceu e viveu dentro da Igreja, eu não poderia deixar de escrever sobre isso.

Fiz um resumo teórico dos momentos, apenas para entendimento, e ao final do post está a liturgia do casamento e todos os ritos da missa do matrimônio.

Roteiro da celebração do casamento católico

Roteiro da celebração do casamento católico:

 Reforçando: Esse roteiro da celebração do casamento católico é baseado na celebração sem o rito eucarístico, onde os noivos não desejam receber a comunhão.

1)      Cortejos de entrada: Os noivos definem se haverá cortejo de pais, padrinhos e noivo – são os primeiros a entrar.

Detalhe: Entrada do Padre – muitas vezes o padre prefere entrar antes de todo os cortejos e esperar no altar, mas ele pode ter um momento de entrada com música.

Sugestão: o cortejo pode começar com a entrada dos casais de padrinhos, em seguida a mãe da noiva de braços dados com o pai do noivo, logo depois entra o noivo com o braço esquerdo dado à sua mãe.

Entrada da noiva com ou sem a marcha nupcial, cabem damas e pajens que caminham à frente da noiva e seu pai.

2)      Saudações iniciais: momento de abertura da Missa de celebração do casamento católico onde o Padre invoca a Santíssima Trindade e saúda a congregação, enaltecendo a função do matrimônio para a Igreja e a alegria de celebrar aquele dia. Os noivos permanecem em pé de frente para o sacerdote.

3)      Liturgia: Pode-se fazer nesse momento a entrada da bíblia com um dos avós dos noivos ou uma criança. Leitura da liturgia especial do matrimônio com a 1° leitura do antigo testamento, cântico do Salmo, 2° leitura do novo testamento e saudação ao evangelho (com ou sem música).

A leitura do evangelho e a prédica encerram este momento da celebração.

 Detalhe: O Padre pode solicitar que as leituras sejam feitas pelos padrinhos ou noivos.

 4)     Entrada das alianças: Entrada com cortejo de um pajem e uma dama ou somente o pajem, a música pode ser escolhida pelos noivos. Esse momento fica a critério do Padre fazer antes ou depois dos votos, mas o usual é que seja feito antes – cabe uma conversa com o padre ou secretário da Igreja, ou até mesmo assistir um matrimônio aonde você irá se casar para saber qual o padrão.

5)      Votos e alianças: Os noivos se posicionam de frente um para o outro e pronunciam o compromisso de voto mútuo. Aqui sacerdote confirma a sacralidade das alianças com a benção.

Muitos Padres mesmo sem a celebração eucarística pedem que os noivos ajoelhem-se e façam suas orações.

Caso haja comunhão Eucarística será feita nesse momento.

6)      Confirmação da Igreja: Depois de colocadas as alianças reinicia-se a liturgia da missa, com o credo (oração que confirma a fé dos noivos na Igreja Católica) e a oração universal do Pai Nosso.

7)      Encerramentos: O Padre pronuncia as palavras finais, com a confirmação da assembleia (se alguém tem algo contra esse matrimônio…) e declara o casal: marido e mulher, anunciando o beijo.

Etiqueta no altar: só podem se beijar após o Padre terminar de falar: Pode beijar a noiva!

8)       Cumprimentos: o Padre normalmente não encerra a missa aqui, ele aguarda os noivos cumprimentarem seus padrinhos no altar.

Sugestão: Não cumprimentem os padrinhos juntos – atrapalha as fotos e fica bagunçado. Primeiro a noiva cumprimenta os padrinhos do noivo, depois o noivo os padrinhos da noiva (imaginem os lados invertidos), em seguida, a noiva cumprimenta seus padrinhos e o noivo idem. Um de cada vez passando pelo altar com reverência.

Etiqueta no altar: Os padrinhos não devem sair do altar até a benção final.

9)      Cortejo de saída: após os cumprimentos o Padre faz a benção final e deixa o altar. Cada casal de padrinhos deve sair lentamente podendo (de acordo com a indicação do responsável pela igreja e do tempo) parar diante do altar para as fotos formais.

Terminado o cortejo de padrinhos, estes se posicionam na saída da Igreja para o corredor: o noivo dá o braço esquerdo à noiva e caminham pelo corredor.

Outra opção que as Igrejas adotam para não demorar muito é: Os noivos tiram fotos no altar com seus pais (todos juntos) e saem seguidos pelos pais e padrinhos.

10)   Na saída da Igreja: Os convidados podem querer cumprimentar o casal, mas procurem fazer isso sem atrapalhar a rotina de casamentos da igreja.Os assessores podem organizar a fila de cumprimentos fora da área de entrada da Igreja ou anunciar que os noivos receberão o cumprimentos no local da recepção (festa).

11)   Detalhes burocráticos: alguns papeis devem ser assinados pelos noivos e pelos padrinhos antes da celebração do casamento católico. Usualmente os padrinhos assinam antes da cerimônia, por isso eles devem chegar minutos mais cedo. No altar somente o noivo e a noiva assinam – isso no momento antes de declarados marido e mulher.

Dicas para a celebração do casamento católico: verifique se a Igreja que vocês desejam casar permite a execução de músicas não sacras, ou seja, músicas que não sejam religiosas.

Algumas catedrais, como a Nossa Senhora do Brasil, da Penha, Santa Rita e etc. (essas em São Paulo) têm uma lista de músicas sacras que são permitidas e não aceitam negociação, tendo inclusive uma lista de músicos bem restrita que estão autorizados a “trabalhar” no altar.

Toda igreja católica tem um secretário ou secretária, estes quando você for marcar seu casamento poderá te indicar o “roteiro” de como será a Missa, mas sempre assista um casamento antes do seu para conhecer o Padre e seu jeito de celebrar. No dia do casamento as Igrejas católicas têm um coordenador de cerimonial que vai mandar em tudo – até na assessoria – pois, é ele quem domina tudo sobre o rito e sabe o que deve ser feito. Não estresse com essa pessoa, tá?